Você já ouviu a frase “Você é o que compartilha” ? Fazendo uma analogia não só com a função do Facebook de compartilhar, mas com uma das grandes forças que fazem da internet uma revolução que é dar poder para as pessoas criarem conteúdo e se expressarem em um ambiente aberto, essa expressão nos diz que aquilo que você posta em suas redes sociais ou que escreve em algum local diz muito sobre sua personalidade, reputação e comportamento.

É algo que não fazia muito sentido duas décadas atrás atrás, mas hoje é inegável que as redes sociais, principalmente, tem um papel enorme na vida das pessoas ocupando boa parte da atenção dedicada ao computador ou celular durante o dia. Estamos o tempo todo conectados com os amigos, familiares e conhecidos, dizendo o que fazemos, marcando fotos, gravando vídeos e publicando conteúdo que fala sobre o que nós somos.

Esse novo ambiente conectado criou possibilidades jamais vistas pela humanidade, dando poder igual para todos os que estão presentes na internet. Vamos recordar como era a mídia antes da internet: a televisão, o rádio ou os jornais eram os meios pelos quais as pessoas tinham informações e recebiam conteúdo de marketing. Basicamente são canais de comunicação de uma via, onde o consumidor só recebe a mensagem transmitida e não tem poder sobre ela, com corporações poderosas que detém os meios como um negócio.

A partir do momento que a internet surgiu e por consequência as conexões sociais do ambiente digital, o poder de criar um canal de comunicação que as possam ler, e principalmente criar conteúdo, passou a ser disponível para qualquer pessoa. É só ver a quantidade de blogs, canais no Youtube e novas empresas que surgiram em torno desses novos meios com pessoas que até então eram desconhecidas, mas que passaram a ter uma influência tão grande quanto um programa de tv.

Consequentemente, além das pessoas que tiveram esse empoderamento, as empresas menores também puderam criar canais de marketing e alcançar quantidades de público que antes só era possível para as grandes empresas.

Sua empresa tem um blog? É o primeiro passo para começar a compartilhar e mostrar para seus clientes o que você faz e sobre o que você é referência. Ele deve ser um espaço onde o dono da empresa, os vendedores, o pessoal do marketing, todos falam do que você faz e quais os problemas o seu produto resolve.

Ele deve ter também espaço para as pessoas comentarem, tirarem dúvidas, reconhecerem seu trabalho e também criticarem se algo não foi bem. 

Deve também ser uma porta de entrada para seu público quando ele pesquisar sobre os produtos no Google.

Com o Ciranda, é possível criar uma rede que possibilite seus clientes, colaboradores, leads e público alvo se conectarem para gerar negócios. Saiba mais entrando no site .